Pão e Poesia por Vera Barbosa - UOL Blog
Virgínia Rosa celebra Monsueto em CD

 Folha de S. Paulo - Por Raquel Cozer

 

Depois de contribuir com o verso "vale a pena não dormir para esperar" no samba-canção "Faz Escuro Mas Eu Canto", que compôs em três dias de 1964 com o poeta Thiago de Mello, o sambista Monsueto sentiu falta de algo. Quis incluir um "cochila" na pausa após o "esperar". "Cansa demais a noite inteira sem dormir", tentou justificar, "uma cochilada alivia e dá força à esperança".

A soneca ficou de fora da versão final, mas era sempre lembrada por refugiados que, no Chile, se fiavam naquela canção de esperança em tempos de ditadura no Brasil. Quase 45 anos depois, a história é contada pelo co-autor no encarte de "Baita Negão", de Virgínia Rosa.

O quarto álbum da cantora paulista contempla em 11 faixas sambas feitos (alguns em parcerias) pelo compositor, cantor, ator e pintor carioca Monsueto Menezes (1924-1973). No disco, gravado com patrocínio da Petrobras, Virgínia busca ressaltar a verve criativa do Comandante -como era conhecido, graças a esquetes que fazia na TV Rio-, que lançou gírias como "morou?" e "diz aí".

"Ele era uma figura interessantíssima", diz a cantora, "e, embora suas músicas sejam conhecidas nas vozes de gente como Caetano ["Mora na Filosofia", de Monsueto e Arnaldo Passos] e Alaíde Costa e Milton Nascimento ["Me Deixa em Paz", com Ayrton Amorim], pouca gente se lembra dele".

Resultado, talvez, da escassa discografia do sambista, que teve apenas um álbum lançado em vida, "Mora na Filosofia dos Sambas de Monsueto", de 1962, e uma coletânea póstuma, "Raízes do Samba", de 2000.

Em "Baita Negão", Virgínia interpreta, além das canções já citadas, sambas como "Lamento da Lavadeira" (que entrou em medley com "Ensaboa", de Cartola, no disco "Mais", de Marisa Monte) e "Eu Quero Essa Mulher Assim Mesmo" (também gravada por Caetano, em "Araçá Azul") -nesta última, Martinho da Vila divide os vocais com a cantora.

Para dar a dimensão da "multiplicidade" de Monsueto, convidou 11 produtores, um para cada faixa, incluindo Celso Fonseca (em "Mora na Filosofia"), Jair de Oliveira ("A Fonte Secou") e Proveta (no pot-pourri final, com participação de Oswaldinho da Cuíca).

"Queria que o CD refletisse essa pessoa versátil que era o Monsueto", diz, sobre os vários produtores. "Mas, claro, pus ali muito da minha personalidade, que, modéstia à parte, é forte como a dele."

BAITA NEGÃO
Artista: Virgínia Rosa
Gravadora: Selo Sesc
Quanto: R$ 10 (em unidades do Sesc SP ou em www.sescsp.org.br/sesc)
Lançamento: 29 e 30/1, às 21h, no Sesc Pompeia (r. Clelia, 93, R$ 4 a R$ 16; não indicado a menores de 12 anos).

Carlinhos Antunes e Orquestra Mundana no Auditório do Ibirapuera

Music News - Por Luciana Stabile

Badi Assad (dia 30/01), Barbatuques (dia 31/01), Paulo Betti (31/01), Mawaca (dia 01/02) e Simone Sou (dia 30/01, 31/01 e 01/02) são os convidados especiais Dias 30, 31 de janeiro e 01 de fevereiro.

Carlinhos Antunes e a Orquestra Mundana tocam pela primeira vez juntos no Auditório Ibirapuera. Nos três dias, a Orquestra Mundana terá seus integrantes Carlinhos Antunes (viola, violão, kora, cuatro venezuelano, tiple colombiano, balafon e voz), Beto Angerosa (percussão), Luis Cabrera (saxofones tenor, alto e soprano, e flauta), Rui Barossi (contrabaixo acústico), Adriana Holtz (cello), Celina Charlier (flauta), Laura Sokolowicz (oboé), Luís Amato (violino), Simone Sou (percussão), as bailarinas flamencas Deborah Nefussi e Úrsula Correia, além de Luizinho Gonzaga, músico e arte-educador.

A Orquestra Mundana é uma formação original e atípica. Ela utiliza uma série de elementos (instrumentos musicais, dialetos, modos, ritmos) que não são comuns ao nosso dia a dia musical e se torna Mundana ao unir músicos fixos com convidados de diversas partes do Brasil e do mundo. Assim, o tango e o chamamé argentinos se misturam ao choro brasileiro, a música klesmer e a cigana do leste europeu se misturam ao frevo, os ritmos, as vozes e instrumentos africanos se juntam ao baião e a capoeira e por aí vai.

Carlinhos Antunes – É um músico versátil. Toca violão, viola, charango, cuatro, kora n’goni, saz e percussão variada. Tem como principal característica viajar e pesquisar sons de diversas partes do mundo e do Brasil com isso adquirindo uma vasta carreira nacional e internacional. Com 27 anos de carreira, esse músico, também historiador pela PUC de São Paulo, já atuou com grandes nomes do Brasil e do exterior, como Tom Zé, Adoniram Barbosa, Jair Rodrigues, Vânia Bastos, Fátima Guedes, Filó Machado, Oswaldinho do Acordeom, Grupo Tarancón, Badi Assad, Terra Brasil, Susana Baca do Peru, Carlos Nuñes da Espanha, Paul Winter dos EUA, Mahala Räi Band e Ionel Manole Trio (Taraf de Haidouks) da Romênia, Carácas Son Siete da Venezuela, Samir e Wissan Jubran da Palestina, Antonio Chainho de Portugal, Siwan Perver do Kurdistão, Grupo 4SHURE da Holanda, Pascal Lefeuvre da França, Petros Tabourius da Grécia, Xabi Lozano da Espanha, Tenores de Bitti, da Itália, Bilja Bistri da Sérvia, dentre muitos outros artistas.

Serviço
Data: dias 30, 31 de janeiro e 01 de fevereiro de 2009 Horários: sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 19h Duração: 90 minutos (aproximadamente) Ingresso: R$ 30,00 e R$ 15,00 (meia-entrada) Classificação Indicativa: Livre

Site: www.auditorioibirapuera.com.br

Conexão Vivo 2009 - Inscrições abertas

 Music News - Por Assessoria

 

Nesta edição, projeto amplia participação para músicos de todo o Brasil e abre Portal com conteúdo diversificado.

A partir de hoje, dia 28 de janeiro, músicos de todo o Brasil já podem se inscrever no Conexão Vivo 2009, projeto voltado para a descoberta de novos talentos nacionais. As inscrições devem ser feitas pelo portal www.conexaovivo.com.br

Após esta etapa, no dia 20 de fevereiro, sai a relação dos 20 indicados pela curadoria do projeto e no dia 4 de março, serão conhecidos os 4 indicados pelo público através de votação popular no portal. Os 24 artistas participarão da caravana de shows pelo interior de Minas Gerais (Governador Valadares, São João Del Rei, Uberlândia e Montes Claros) e uma cidade pólo do interior de São Paulo, acompanhados por 32 artistas e bandas que já possuem carreiras consolidadas e são patrocinados pela Vivo.

Durante a etapa do interior de Minas e São Paulo, é feita uma avaliação por um corpo de jurados especializados e por uma votação online de onde saem os 12 artistas que se apresentarão no encontro de 8 dias de shows em Belo Horizonte, que ocorrerá em abril.

A capital receberá também o Seminário Internacional Música e Movimento, encontro que reúne alguns dos principais agentes musicais no Brasil, para uma reflexão sobre a cadeia produtiva da música e os novos caminhos do mercado.

Faz parte da agenda do Conexão Vivo 2009, o Conexão Vivo Animações, concurso que seleciona produtores de videoclipes de animação para realizar obras a partir das músicas dos artistas e bandas classificados nas etapas eliminatórias do interior de Minas e São Paulo.

O objetivo do Conexão Vivo Animações é estimular o intercâmbio de linguagens e oferecer aos músicos mais uma forma de divulgação de seu trabalho. Os videoclipes escolhidos serão reunidos em um DVD, que será lançado no segundo semestre de 2009, e os realizadores receberão, ainda, uma premiação da ABCA - Associação Brasileira de Cinema de Animação, parceira do projeto.

Esta oitava edição do projeto é marcada também pelo lançamento do Portal Conexão Vivo, que traz comunidade online, espaço para os artistas divulgarem seus trabalhos, notícias e rádio exclusiva. Utilizando tecnologias de redes sociais e de conteúdo colaborativo como ferramenta, o Portal é a plataforma online ideal para unir músicos, realizadores de cinema de animação, associações, entidades e amantes do universo da cultura de uma forma geral.

Conservatório de Tatuí - inscrições até dia 31

Folha de S. Paulo - Por Redação

 

Desde o dia 26, o Conservatório de Tatuí está com inscrições abertas para seus mais de 40 cursos. Interessados devem procurar a secretaria do conservatório (r. São Bento, 415), das 8h às 18h, com certidão de nascimento (para menores de 18 anos), RG e comprovante de endereço.

Cada curso tem um dia da semana para a inscrição, até 31/1. Mais informações pelo site

www.conservatoriodetatui.org.br.

Badi Assad, 29 e 30 de Janeiro.

Por Assessoria de Imprensa

29 de janeiro
SESC São Caetano - São Paulo, SP - 20h (0800 118220)

30 de janeiro
Participação Especial no show de Carlinhos Antunes e Orquestra Mundana (Adriana Holtz, Beto Angerosa, Simone Sou e Zé Pitoco, entre outros) - Auditório Ibirapuera, São Paulo, SP - 21h (reservas@iai.org.br)

Últimos shows e Prêmio Quartas Musicais

De malas prontas para Belgrado, Sérvia, onde fará uma série de apresentações especiais, Badi Assad convida a todos para seus dois últimos shows desta temporada no Brasil:

Na quinta-feira, 29, no Sesc São Caetano, ao lado do percussionista Décio 7 e, na sexta, 30, no Auditório Ibirapuera como convidada do amigo e violonista Carlinhos Antunes. Curiosidade: neste show, lançarão uma adaptação da canção cubana 'lo feo', que faz parte do projeto dedicado às crianças de toda a América Latina. Vale a pena conferir!

Badi é uma das finalistas do prêmio "Quartas Musicais 2008", da Biodolce, em 2 categorias:

- Melhor Cantora;
- Melhor canção por "Vacilão".

Quem quiser votar é só entrar no site www.quartasmusicais.com.br. A votação é rapidinha e vai até o dia 15 de fevereiro. A entrega do prêmio será no dia 15 do Mês Internacional da Mulher, março.

www.badiassad.com
www.badiassad.com/myspace

[ Travessia - ver cantos anteriores ]



Ir para Home



Pão e Poesia - Simone

"Um cantinho, um violão. Este amor, uma canção. Pra fazer feliz a quem se ama. Muita calma pra pensar. E ter tempo pra sonhar. Da janela, vê-se o Corcovado, o Redentor - que lindo! Quero a vida sempre assim, com você perto de mim, até o apagar da velha chama. E eu que era triste, descrente desse mundo... Ao encontrar você, eu conheci o que é felicidade, meu amor." (Corcovado - Tom Jobim)

Meu Perfil

BRASIL, Sudeste, Mulher

 


"Música na cabeça é carinho, alegria, inteligência, fantasia, prazer, doçura, energia, paixão e poesia"
Ben Jor




*Uma brasileira*

Paulistana da gema.
Ariana, 43 anos, jornalista. Música é o que mais me alimenta a alma. Esse espaço é destinado a quem prestigia a Música Popular Brasileira. O objetivo é difundir o que temos de melhor, fazer amigos, ampliar o repertório e estimular o conhecimento.
Entre e fique à vontade!



Meu Perfil no Orkut







bamba(s) online


Assine meu Livro


*Tantas Palavras* Contatos:

Pela Internet:
vlgb@uol.com.br

Pelo Telefone:
(11) 8985-7531




*Sintonia*
Cultura AM, SP
Eldorado FM, SP
MPB FM, RJ
Nova Brasil FM, SP
USP FM, SP







 Rádio Bossa Nova 
Jeannie Black, Seattle (USA)

 


 

 

Cantaram comigo: